Logo

Mensagem do Diretor Artístico

'Coimbra é uma lição de sonho e tradição...


Na 4ª edição do Festival de Violoncelo À Corda, propomos uma reflexão sobre o sonho e tradição que inspiram a Canção de Coimbra.
Será possível preservar a história e o património criando novos legados artísticos e culturais? Serão o sonho e a tradição forças convergentes? Não creio que a incontornável Amália tivesse alcançado os corações de gerações sem profunda convicção em cada palavra.

Inspirados e seguros, é com o mais profundo sentido de dever e missão que vos convidamos a:

Experienciar uma programação musical eclética, viajando por alguns dos mais emblemáticos espaços da cidade;

Ouvir os mais conceituados artistas portugueses e internacionais, na mais íntima partilha de experiências e paixão pela música;

Sentir o violoncelo como ponte de contacto, agente cultural versátil e de união;

Viver a cidade, unida em celebração à arte, património e futuro, com a certeza de que Coimbra é e nunca deixará de ser uma lição de sonho e tradição.



Festival de Violoncelo À Corda
Cultura. Para todos.'


O Festival

O FESTIVAL DE VIOLONCELO À CORDA foi criado em 2020, em Coimbra e é organizado pela Associação Momentos À Corda, sediada na Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, Coimbra. A iniciativa tem trazido, ao longo de quatro edições, variadíssimos artistas de diferentes géneros musicais e assenta os seus valores em três grandes pilares.

impressao design identidade
Image 1

Promoção e apoio a artistas e técnicos portugueses

Através da programação de concertos e outras iniciativas que potenciem carreiras e criem mais oportunidades de emprego na área da cultura.

Image 2

Valorização do património cultural e histórico

Ao cultivar ligações entre a música e o património, o público tem a oportunidade de sentir a história da cidade através de espetáculos artísticos de excelência, representando uma dupla celebração à cultura e à arte.

Image 3

Divulgação do violoncelo como agente cultural versátil e internacional

O instrumento tem capacidades artísticas variadas e que não se prendem à musica erudita ou clássica, desde o estilo barroco aos tempos modernos, passando pelo Jazz, Fado, ou música étnica internacional.