Logo

21 maio | 19h

Ao longo dos últimos 15 anos como artista internacional vencedor de inúmeras prémios, Jacob Shaw tem ocupado um papel fundamental na indústria da música clássica como professor, curador e consultor cultural para projetos globais.

Tocou em 5 continentes e foi aclamado na crítica internacional - The Strad descreve-o como 'Mágico... um toque de pura poesia' - aparecendo regularmente em salas como Carnegie Hall, Seoul Arts Center & Musikverein Wien.

Foi convidado duas vezes para tocar no Baile da Orquestra Filarmónica de Viena, com performances e gravações difundidas por todo o mundo. Em 2016, Jacob funda a Scandinavian Cello School (SCS), um projeto pedagógico pioneiro para jovens músicos sediado na 'Quinta Musical', na Dinamarca. SCS tem ganho reputação internacional como uma instituição única, incluindo a história viral que apareceu na capa do jornal New York Times, vista 2.1 mil milhões de vezes em diversos meios de comunicação por todo o mundo. Através da SCS, os seus métodos pedagógicos inovadores e projetos tem significativamente impactado e lançado carreiras de estudantes por todo o mundo - que brevemente aparecerá num documentário internacional promovido pela Good Company Pictures.

Apaixonado pelo ensino, é professor de violoncelo na Royal Northern College of Music (RNCM) em Manchester, Reino Unido. Anteriormente, era o recipiente da cadeira 'Gaspar Cassado' como professor na Academia Marshall em Barcelona, Espanha. Ensina em masterclasses por todo o mundo, é convidado regularmente para ser júri de concursos internacionais e colabora com a classe de violoncelo da Musikhochschule Münster, Alemanha, como professor convidado.

Reconhecido pelo seu espírito empreendedor, Jacob tem sido uma força na educação e desenvolvimento de projetos na indústria da música clássica. É conhecido como um pioneiro na diversificação e rejuvenescimento do público musical, liderando colaborações com muitas outras formas de arte - desde alta restauração até dança, organizando também inúmeros projetos culturais e sociais.

Através de consultoria pela SCS, tem álbuns com artistas nas maiores music labels e tem consultado para vários líderes da indústria (Deutsche Grammophon, The Philharmonic Brass / Decca, Warner, Julian Rachlin...). Recentemente, foi recipiente do prémio DRP2 'Firesoul' pela Rádio Nacional da Dinamarca pelas suas contribuições à música e nomeado como um talento empresarial exímio pelo jornal Berlingske. Venceu prémios nacionais e internacionais de destaque durante os seus estudos na Yehudi Menuhin School, Ecole Normale de Musique de Paris (Genevieve Teulieres), Augsburg Hochschule (Julius Berger) e a Royal Danish Academy of Music.

Mais à frente, vem a estudar nos Estados Unidos da América com Janos Starker e em França com Roland Pidoux. Depois da sua recuperação de fase 4 de cancro (Linfoma de Burkitt), Jacob é um forte ativista em apoio a instituições de vítimas de cancro e direitos dos enfermeiros.

É um entusiasta chef amador e passa os seus tempos livres a tentar ser auto-suficiente no campo Dinamarquês com a sua parceira e duas filhas!

28 maio | 18h

O projeto MelodicAid é uma plataforma que funde o conhecimento de várias áreas relevantes na prática musical. Tem como objetivo principal ajudar músicos, amadores, em formação ou profissionais a obter um conhecimento, aprendizagem e performance mais eficazes e otimizados. Surgiu de uma vontade de proporcionar aos músicos o mesmo tipo de apoio que é dado a um atleta de alta competição.

Maria Anjinho Silva iniciou a sua Licenciatura em Fisioterapia em 2014, na Escola Superior de Tecnologia e Saúde de Coimbra. Concluiu em 2018, tendo desde então feito várias formações em áreas como: Pilates Clínico, Yoga Terapêutico, Low Pressure Fitness- Exercícios Hipopressivos, Reeducação Postural, Terapias Miofasciais e Disfunções den ATM e dor orofacial. Realizou uma formação master em Fisioterapia Dermatofuncional. Trabalha atualmente no gabinete de Fisioterapia- Corpo Organizado e na Clínica Ofídia.


Beatriz Maia, soprano, iniciou os seus estudos de canto no Conservatório de Música de Coimbra, na classe de Isabel Melo e Silva. Concluiu, na Universidade de Aveiro, a Licenciatura em Música e o Mestrado em Ensino de Música, ambos sob orientação de Isabel Alcobia.

Da sua atividade como solista, destacam-se as estreias de obras de variados compositores como Sérgio Azevedo e João Pedro Oliveira.

No âmbito da ópera, interpretou várias personagens, tais como Flora (The turn of the Screw, B. Britten), Cábula (O Cábula, Fernando Corrêa de Oliveira), Rouxinol Mecânico (O Rouxinol, Sérgio Azevedo), Despina (Così fan tutte, W. A. Mozart), Claudine (La fille du Tambour Major, J. Offenbach) e Gretel (Hänsel und Gretel, E. Humperdinck; versão portuguesa). Neste campo, foi dirigida por Cameron Burns, Rui Pinheiro, Jan Wierzba, Toby Purser, Cesário Costa e António Vassalo Lourenço, em produções com Camerata Atlântica, Vienna Opera Academy, Orquestra Clássica do Politécnico do Porto, Orquestra Clássica Metropolitana, Orquestra Filarmonia das Beiras e Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

É vencedora da Maratona XXI Operafest 2023: Grandes Cantores para a Ópera de Hoje (1o prémio e prémio do público), do VERÃO CLÁSSICO 2023 Academy Awards – VOCAL (1o prémio ex aequo) e premiada no I e II Concurso Internacional de Música Cidade de Almada (2o prémio; nível I - 2016 e nível II - 2017). Tem vindo a expandir os seus conhecimentos técnicos e musicais com diversos maestros e cantores de renome nacional e internacional.


A Iara enveredou pela Psicologia Clínica, área pela qual desde cedo se apaixonou. Em 2021, concluiu o Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde, na subárea de Psicoterapia Sistémica e Familiar, na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Nesse mesmo ano, iniciou o seu Estágio Profissional, para a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), na Delegação Centro da Associação para o Planeamento da Família (APF Centro). É, desde 2022, Psicóloga Clínica e membro efetivo da OPP, dando consultas presenciais (na clínica Fisio André Viegas) e, ainda, online!

Ao longo do seu percurso profissional, foi alargando conhecimentos, e frequentando diversas formações, entre as quais se destacam: o Curso de Técnico/a de Apoio à Vítima e a Pós-Graduação em Terapias Cognitivo-Comportamentais.

Atualmente, é Terapeuta Familiar e de Casal em formação, frequentando o 2º ano do Curso de Formação em Intervenção Sistémica e Familiar, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar (delegação Centro).

5 junho | 20h30

Desde 2000, David tem vivido nos Países Baixos, onde descobriu a importância de olhar para o que o rodeia de uma perspectiva diferente. Trabalha como solista na Dutch Philarmonic Orchestra e como professor de repertório orquestral no Conservatório de Amesterdão. Adicionalmente, faz consultoria a profissionais e empresas para melhorar as suas visibilidades na internet e redes sociais.

Este background tem dado a oportunidade de liderar equipas e trabalhar individualmente em aspetos relacionados com desenvolvimento de talento e performance ao mais alto nível. Sempre com a criatividade e curiosidade que o caracteriza como pessoa e profissional.

Coaching tem sido a sua materialização de propósito na sua vida: ajudar os outros a crescer e a dar o melhor de si mesmos. Daí o seu compromisso e o seu contínuo trabalho no mundo do coaching como membro de uma das mais prestigiadas organizações do mundo: a International Coaching Federation.